Artigos

O que é cor?


Cor é a impressão variável que a luz refletida pelos corpos produz no órgão da vista. Mas para que a vejamos ocorre um processo entre nosso olho, cérebro, músculos e por que não em nosso coração? Alguns dicionários colocam a palavra coração como a origem da palavra cor. Se nosso coração parar, nossos olhos fecharão. Logo, posso supor que o coração, um órgão não citado, em descrições de dicionários também é importante em nossa visualização de cor. Então, ouso dizer que a cor reflete nosso estado de espírito, nessa colocação faz-se presente o coração, afinal ele capta as emoções que nos coloca em contato com a cor e o momento que a vivemos, melhor dizendo: cor ação, a reação que temos em relação a determinada cor, atuando assim com os nossos sentidos. Não vamos entrar em detalhes de como funciona o olho humano, tão pouco especificar detalhes sobre o funcionamento de órgãos para que esse processo de visão da cor ocorra. Nos prenderemos ao que a cor representa em nossa vida, pois ela está presente em tudo o que vemos e interage com nossos sentidos. Você escolhe desde a cor de sua escova de dente à cor do carro que deseja comprar. Antes de ver, idealizamos, e em tudo a cor está presente. No inicio de nossa vida estudantil aprendemos sobre cores primarias, secundárias, terciárias e complementares, mas depois elas ficam abandonadas porque existem matérias mais importantes, as cores são ignoradas no cotidiano.

Agora imagine um mundo preto e branco, o morango que você vai comer é preto e branco, suas roupas são todas pretas e brancas, esse fato certamente acabaria com o problema de algumas pessoas que ficam duas horas na frente do armário combinando cores, tecidos etc… Seria só pegar qualquer peça e pronto. A vida sem cor não teria a menor graça, o menor estímulo. Os mais velhos poderão narrar a TV em preto e branco, e a felicidade que foi ao ver pela primeira vez a TV em cores, quanta diferença! Essa visão da tv é perfeita para exemplificar o que estou falando. As cores trazem vida, dão sentidos as ações, influenciam o dia-a-dia. Mas a escola ainda não percebeu isso…

Texto: Solange Depera Gelles

Proposta de escola

Voltar para artigos