Casos Verídicos

Enviado por Vanessa Macias


Vanessa era uma moça persistente que acreditava na educação como a solução de muitos problemas. Um dia convenceu o irmão que havia parado os estudos no sexto ano sobre a importância de concluí-lo. Animados os irmãos foram a um EJA próximo de casa. Na secretaria um rapaz atendia uma pessoa que também buscava informações. A grosseria do atendente foi tanta com a pessoa, que ao presenciar a cena o irmão de Vanessa mudou de ideia. Não ficaria em um lugar que o faria sentir-se tão insignificante. Vanessa ficou inconsolada, no primeiro momento sentiu-se fracassada. Mas não desistiu. Enviou um e-mail a Secretaria da Educação com uma denúncia. Pouco tempo depois, a diretora da escola (EJA) ligou para sua casa pedindo que comparecesse à escola. O rapaz que realizava as matrículas fora transferido e um funcionário capacitado para informar o que muitas vezes as pessoas não sabiam como perguntar, estava no lugar.
O irmão de Vanessa concluiu os estudos. Vanessa passou a acreditar que nem tudo está perdido na educação, pois embora o Sistema busque privar o povo da cidadania, dentro da Secretaria de Educação, uma pessoa que como Vanessa, também acreditava na educação fez com que seu e-mail chegasse às mãos certas.